All posts in Especial

Hoje!

07.04/2011

Hoje é meu aniversário, corpo cheio de esperança,  uma eterna criança, meu bem!
Hoje é meu aniversário, quero só noticia boa, também daquela pessoa, oba!

Hoje eu escolhi passar o dia cantando e de hoje em diante eu juro felicidade a mim…
Na saúde, na saúde, juventude, na velhice.
Vou pelos caminhos brandos a minha proposta é boa, eu sei.

De hoje em diante tudo se descomplicará (sim!)
Com um nariz de palhaço, rirei de tudo que me fazia chorar.
Cercada de bons amigos (vocês…) me protegerei
Numa mão bombons e sonhos
Na outra abraços e parabéns.

Quero paparicações no meu dia, por favor (!)
Brigadeiros, mantras, músicas
Gente vibrando a favor o/ o/ o/
Vamos planejar um belo futuro pra logo mais (hein?)
Dançar a noite toda, Fela Kuti, Benjor e Clara.

Parabéns, Bianca! Parabéns, Micael! Parabéns, Mateus! Parabéns, Artur! Parabéns, Luisa!

Parabéns Benjamin!

Parabéns, Caio!

Parabéns, eu! Parabéns, eu!

(Meu Aniversário – Vanessa da Mata)

3 ANOS

Desejos para o Astronauta, no seu aniversário de 3 anos.

Músicas:  (Igloo – Karen O And The Kids – All Is Love – Karen O And The Kids)

Se tiver problemas para visualizar o video, clica aqui

Variações sobre o mesmo tema

Eu queria escrever um post bem legal pra comemorar os 2 anos do blog, e fiquei dando voltas e voltas até reler o post que fiz no ano passado no primeiro aniversário do astronauta-blog, e percebi que era quase tudo que eu queria dizer hoje… então pra que quebrar a cabeça, né?
Plagiando a mim mesma, com algumas variações pra vocês:

“É HOJE!!!!!!!! parte II”

Já faz 2 anos que publiquei meu primeiro post e escolhi a foto dos pezinhos do João, para começar com pé direito (e o esquerdo) minha vida de blogueira.

De lá pra cá, muita coisa aconteceu, o João cresceu, eu também, e o blog foi mudando e se moldando às tantas mudanças e influencias, deixou de ser só um diário, para ser uma outra coisa muito mais interativa.

O blog me trouxe amigos, despertou em mim um desejo antigo de aprender mais sobre programação e desenho de web, me deu comadres espalhadas pelos 4 cantos do mundo, a oportunidade de conhecer tantas mães tão iguais e tão diferentes, e essa diversidade me ensina, me diverte, me emociona, me faz rir e reflexionar.

O blog pra mim hoje, é um espaço para por em ordem os pensamentos, para compartilhar informações e sentimentos, e o que eu mais gosto:
 é um canal aberto de comunicação com outras pessoas com afinidades e afins.

Cada dia que passa vejo que aumenta o número de pessoas que passam por aqui diariamente, cada dia que passa tem bandeirinhas novas, no gadget que me informa de onde vêm os visitantes do Astronauta.

Me sinto conectada com o mundo!

O problema é que não consigo ver as estatísticas como números e só, sempre imagino que detrás do “2 on line” tem uma pessoa do outro lado do “canal” que lê os meus pensamentos, que talvez ri, se emociona, ou pensa que estou errada e que hoje não estou inspirada…

Então… não posso evitar de querer saber.

Quem?


Quem é você que vem aqui frequentemente, e passa em silêncio.. (ou não)
Quem é você em Buenos Aires, Itapevi, Manaus, Jandira, Queretaro de Arteaga, México, Jacobina, Rubi, Curitiba, Feira de Santana, Japão, Coreia, Rio, Sampa, Nevada, Brasilia, Minas, Agudos, Tocantins, West Virginia, Lisboa, Brusque, Campo Grande, New York, Madrid, Barcelona, Paris, Paraná, Bedfordshire, Oiapoque ou Chuí que esta se comunicando comigo?

O canal está aberto e hoje é um excelente dia para deixar um recadinho.

Vou adorar saber um pouco de você… É fácil, basta clicar nos comentários e dizer um oi.

**

E a todos vocês que passam por aqui, comentando ou não:

Feliz 2 anos do blog.

E obrigada!

Oh happy day!!

O dia do meu aniversário, sempre foi cheio de sentimentos contraditórios…

Sempre gostei da ideia de começar um novo ciclo, da oportunidade extra que a gente se dá de renovar. Mas por outro lado, nunca gostei dessa obrigatoriedade de ser feliz por um dia ou de não ter o direito de querer ficar sozinha sem ser taxada de “esquisita”… sei lá… Nunca gostei de ficar lembrando pra todo mundo que é hoje, é hoje!! Mas no fundo sempre esperei a lembrança, os parabéns, os recadinhos e o carinho dos mais próximos.
Enfim… acho que depois de muuuuuitos dias de aniversário, alegrias, decepções e emoções mil… vou aprendendo dar a importância que o dia tem, nem mais nem menos, e aprendendo a esperar menos para desfrutar mais.


Por isso hoje quando o pequeno acordar, vou correndo contar pra ele, que hoje é o aniversário da mamãe, vou comprar um mini bolinho, colocar uma velinha em cima e esperar que ele cante parabéns pra mim daquele jeito lindo e desafinado que eu amo.

E vou avisar (já avisando…) pra vocês que passam por aqui: É hoje! É hoje!

E no fim do dia vou me deliciar com os recadinhos deixados pelos amigos dessa blogosfera que eu adoro.
E vou aproveitar o meu dia de 29 horas, sem pressa, e fazer de tudo pra que ele seja cheio dessas coisas que fazem a vida valer a pena.

Parabéns pra mim!

E da série: para um bom entendedor meia palavra basta. O meu “parabéns pra você” preferido.
dois1

Dois anos

Ei! Petit Astronauta,

Hoje você faz dois anos e embora estejamos comemorando o teu aniversário, desde do dia do aniversário do papai que você ganhou o teu presente antecipado, e também no domingo, que aproveitamos o bolo lindo que a Dinda fez, de brigadeiro com um coração colorido e morangos, e cantamos parabéns pra você, adiantado mesmo, porque a gente não acredita nessas superstições. Hoje é ainda mais especial, hoje é o teu dia!

Continuar lendo…

Um ano e meio

Ei, Petit Astronauta,

Hoje você faz um ano e meio, já deixou de ser um bebezinho para ser um mini-menininho com mania de independência e é difícil acreditar que só faz 18 meses que você faz parte da nossa vida.

No fim de semana o super papa, colocou uns vídeos de quando você era muito pequenininho, infinitos minutos em que você do alto dos teus 3 meses, fazia caretas, tentava comer o pé, se movimentava sem muito jeito, chupava a mão e soltava umas risadinhas para a alegria geral da família babona. Você estava aprendendo a levantar a cabeça e a mamãe e o papai ficávamos super orgulhosos das tuas pequenas conquistas.

Hoje, com 18 meses, quanta diferença… Você é um menininho feliz, e muito simpático, adora mandar beijos pra todo mundo, e sempre me dá abraços bem apertados, que enchem meu coração de ternura. Você já anda, corre, pula, dança, adora subir no sofá e ficar em pé bem na beiradinha, sobe na cadeira, e depois sobe na mesa, canta, “toca” flauta e tamborzinho, já dorme a noite inteira (thanks god!), toma água no copo de gente grande e já começa a querer comer sozinho.

Você adora a Preta, e ela também te adora e tem muita paciência com tuas brincadeiras e muito cuidado com você, apesar de que sempre está querendo te dar “beijos” em forma de lambidas e você não gosta muito. Uma das tuas brincadeiras preferidas é mexer na comida e água da cachorra, muitas vezes já recebeu broncas por isso, mas mesmo assim você insiste. Sempre! Pelo menos você já não come mais a ração dela… finalmente você aprendeu que existem coisas mais gostosas que comida de cachorro.

Você adora jogar bola, abrir todas as gavetas e tirar tudo de dentro, mas não gosta muito de colocar tudo de volta e fica bravo quando a mamãe fala pra guardar as coisas no lugar. E também adora teus livros e já aprendeu a passar a pagina com cuidado e a mamãe acha o máximo quando te vê sentadinho, concentrado no mundo dos desenhos.

Igual a mamãe e o papai quando éramos pequenos, você também não é muito bom de garfo. Preparar tua comida com todo o amor pra você muitas vezes nem querer prova-la é muito estressante… Ainda não dá pra negociar umas colheradas mais, e o jeito é aceitar e acreditar que você come exatamente a quantidade que teu corpo necessita, e quando tiver com fome, você vai comer, afinal não adianta insistir porque quando você fecha a boca não tem quem te convença.

Talvez pela bagunça dos idiomas, você ainda não se atreve a falar muito, mas repete muitas vezes as palavrinhas do teu pequeno vocabulário: papa, mama, uau uau (a Preta), bó (bola) e iaia, que algumas vezes quer dizer iaia (a vovó catalana) e outras achamos que quer dizer olá. Mas as vezes vc se confunde e chama o super papa de mama, ou a Preta de papa. Você também gosta de imitar os sons de carro. Brummmm, da vaquinha, muuuuuu e para todos os animaizinhos de asas (passarinho, pato, coruja, galinha…) você faz um barulhinho engraçado que a gente ainda não conseguiu entender porque e como você aprendeu.

Você vai crescendo cada dia um pouquinho mais, exatamente na mesma proporção que o amor que a mamãe sente por você e o orgulho, desses que fazem os olhos brilhar, de ser a mãe do João, el meu petit astronauta.

com carinho,

Mamãe

OH HAPPY DAY!

Sabe uma das melhores coisas de morar fora do Brasil?
È que desde das 0:01 do dia 07.04 daqui da Espanha até as 23:59 do Brasil, é o meu aniversário!!
Isso quer dizer que tenho um dia de aniversário de 29 horas.

Presentinhos em forma de carinhos virtuais, são super bem-vindos!

* Parabéns também pro Caio, filho da Thais que hoje faz 1 aninho. Beijo pros dois
. E também pro Joan, namorado de la madrina, que cumple unos cuantos. un petò

Mas principalmente: Parabéns pra mim!

Imagem: http://www.morguefile.com/

Um Ano

Ei petit astronauta…

Hoje faz um ano que você nasceu…
Lembrar desse dia me faz perder a noção do “tempo”… Parece que foi ontem que a mamãe estava com o maior barrigão esperando ansiosa o momento de ter você com a gente… e ao mesmo tempo parece que desde sempre você faz parte da nossa vida e nem consigo mais lembrar como eu era antes de você.

Em um ano passamos por muitas “fases”, você deixou de ser aquele bebezinho chorão, que só mamava, dormia e chorava e ficou mais comunicativo, amoroso, simpático e risonho… minha fonte infinita de alegria, dia apos dia.

Depois de um ano, é inevitável não dar aquela paradinha para olhar pra trás, e ver toda a tua vida passando como um filminho… teu choro inconsolável, tua gargalhada contagiante, quando você aprendeu a sentar, a engatinhar, a subir e descer do sofá e a bater palminha… Os primeiros dentinhos, a primeira febre, o primeiro dia da escolinha, a primeira “palavra” e a primeira birra… As noites mal dormidas… as escolhas equivocadas, as duvidas, limitações, o medo de errar… E o teu sorriso…. que faz tudo valer a pena.

Não me canso de te olhar… quando você sorri, teus olhinhos sorriem também, e quando você me vê chegar teu rosto se ilumina e você estira os bracinhos sorrindo com os olhos e buscando meus braços e o meu abraço… nessa hora o meu amor por você transborda e não cabe dentro do peito…

Você me ensinou a ser mãe, me ensinou a não complicar o simples e a valorizar o que realmente importa… você fez de mim uma pessoa melhor, mais responsável, mais madura e mais paciente.

Te ver crescendo feliz e saudável, me faz ter orgulho das minhas escolhas… da maneira linda que você nasceu, de ter escolhido amamentar e maternar esse teu primeiro ano de vida, de não ter economizado carinhos, paciência, colo e mimos, de ter levantado uma, duas, cinco, sete vezes durante a noite pra te fazer dormir, pra te abraçar e passar a mensagem que a mamãe esta aqui, do teu lado, de dia e de noite, pro que der e vier… hoje e sempre.

Feliz Aniversário meu filho!

Um beijo

Mamãe

Relato do nascimento do João. 01.12.07 – 10:27