Blogagem coletiva – Alimentação Infantil na Espanha

Aqui na Espanha, a alimentação infantil é bem parecida com o Brasil, (ou talvez seja essa minha percepção depois de quase 10 anos morando fora).

No final depende do pediatra (e da mãe se segue a risca ou não o que o pediatra indica, sem uma segunda opinião).

A introdução de sólidos pode ser a partir dos 4 aos 6 meses, começar com papinhas salgadas ou doces, com potinhos ou comida caseira, e “regrinhas” como quando introduzir carne branca e vermelha, derivados de leite, marisco,  e alguns tipos de frutas varia muito de um pediatra uma família a outra.

Com o João iniciamos a alimentação complementaria no 6º mês, (no nosso caso a complementaria era a solida, já que ele se alimentava mesmo era de leite materno, até mais ou menos 7, 8 meses, quando a complementaria passou a ser o peito) foi um processo extremamente gradual e de aprendizado para as duas partes. Começamos com as frutas, depois papinhas de verduras e cereais. As carnes, foram introduzidas no finalzinho, lá pelo 8º mês.

Uma diferença na alimentação é que no Brasil geralmente servimos um prato com as variedades, e aqui se come um primeiro prato, segundo e sobremesa. E os legumes secos (feijão, lentilhas) não são consumidos com tanta frequência.

Desde que o pequeno começou o período pré escolar, ele almoça na escola, vou colocar um exemplo de menu de uma semana e vocês me falam se tem muita diferença ou não.

Dilluns: 
1º salada de macarrão –  2º file de merluza com salada – Iogurte

Dimarts: 
1º Caldo de frango com letrinhas –  2º lombo na chapa com salada – Abacaxi

Dimecres:
1º Verdura ao vapor –  2º carne de panela com salada – Morangos

Dijous:
1º Salada de feijão branco, com bacalhau –   2º Ovo ao forno (?) com molho de tomate – Pera

Divendres:
1º Arroz 3 delicias – 2º Frango ao forno com salada e cenoura ralada – Pêssego

E durante todo o mês, cada dia é diferente, sempre mantendo um equilíbrio semanal de verduras, frutas e carne/frango/peixe.

Mas li por aí que tem países com costumes bem diferentes, pra saber mais : Mães Internacionais

:::

Aproveito que estamos falando de mães internacionais e deixo um recadinho da nossa querida internacionalissima Roberta do Piscar de Olhos, que tá chique de dominio próprio e blog novo, Atualizem seus feeds, o piscar agora é . net www.piscardeolhos.net . E passa lá, que tem post novo.

11 Comments

  1. Achei FANTASTICO o cardápio do João, quem me dera aqui na Holanda fosse assim, não é assim nem na casa dos holandeses, quem dirá na escola… uma pena, pois é assim que uma pessoa cresce com o prazer de comer bem! =)
    João está num oooootimo caminho, fiquei até com invejinha haha

    Beijocas

  2. Excelente o cardápio do joão, equilibrado, peixinho duas vezes na semana…
    No seu caso, acho que a culinária espanhola acaba sendo uma aliada, verdade? Faz parte do dia a dia os azeites de qualidade, pescados…em Barcelona eu tinha a impressão de que as pessoas viviam centenas de anos, to errada? Pelo menos as gerações anteriores…
    E isso tudo vai contribuir e muito para o paladar do João na vida adulta, o delicia.
    Quanto aos grãos eu inclui lentilhas e feijão aqui em casa, só pra dar uma abrasileirada no tofu…
    Beijos e valeu por mencionar a mudança do blog! Vc não existe, dona Flávia !

  3. Adorei o cardapio, Flavia! Super equilibrado. Acho que vou copiar pra mim… eheheheh

    Beijinho!

  4. Flávia, acho que o cardápio está sendo unanime aqui…rsrsrs realmente muuuito bom… Gostei do jeito da espanha, parecido com a Hungria na introdução dos alimentos, diferente nos costumes alimentares… Muito bom!
    Beijinhos!

  5. Flavia,
    A gente aprende muito ao estar fora do Brasil. Como muito mais peixe hoje do que quando morava la e faço o possivel para te-lo à mesa uma vez por semana. A Béatrice comia peixe quando era menorzinha, agora torce o nariz e não curte muito. Vamos ver se na idade do João ela topa comer decentemente.
    Ja fui no blog da Roberta e esta incrivel e, ah, parabens, adorei o visual da Paloma, Ciça e Clarice : )
    Besos : )

  6. Oi Flavia,
    Que bom que consegue garantir uma alimentação saudável ao João. Além disso, é idêntico como no Brasil. Que beleza! rs
    Que saudades de lá…
    Um beijo.

  7. Oi Flavia meu avo é espanhol, mora em Almeria e vem passar 6 meses aqui com a gente quando o inverno chega. Ele é o perfeito exemplo da alimentacao mediterranea eu acho o maximo e ainda chego lá, pena que aqui essas coisas ainda sao ta caras. Mas esse menu da escola do Joao só me provou mais ainda a ideia que eu tinha da alimentacao por ai! Delicia! Beijos

  8. Achei um barato essa idéia de comer um prato diferente de cada vez, ensina a criança a comer devagar, a degustar a comida. Vou tentar isso aqui com a minha mocinha, quem sabe não dá certo?
    Beijo
    Livia

  9. Flavia, as meninas falaram tudo, uma delicia! Parabéns pelo cardapio!
    As frutas e legumes que comemos aqui na França vem muito dai, você deve ter mais opçao ao longo do ano, nao tem? aqui quando chega do inverno quase ficamos na batata, maça e claro queijos!!! Ainda bem que consigo fazer crescer uns cereais para ter graos germinados no inverno.
    beijao

  10. Flávia, que cardápio bom! Cabe adulto nessa escola? heheh. Mas o mais legal é o nome do seu filhote que é igual ao nome do meu!!! Lindo!

    Beijão

  11. Flavia, que maravilha esse cardapio da escola hein!
    Aqui na Italia tb é assim, 1 e 2 prato. 🙂

    bjo

Leave a Reply to Clarinha Cancel Reply