de volta pra casa…

Você percebe que já passou da hora de ir ao Brasil, quando:

1) Entre suspiros teu filho de 4 anos diz que precisa de água de coco.

2) Você toda animada com o bom tempo resgata as havaianas do fundo do armário para passear e no meio do caminho tem que parar para comprar outro sapato porque o garoto não sabe usa-las.

Gente isso é muito grave! Será que tem remédio?

3) No meio da conversa, você que sempre falou com seu filho em “português” escuta a seguinte frase: “Mamãe, você pode falar comigo no meu idioma, porque eu não te entendo?”

Vou ali correndo comprar umas passagens e já volto…

39 Comments

  1. Posso acrescentar mais um Flavinha? Eh assistir o desenho animado RIO e chorar a cada musica e dar uma saudade do Rio de Janeiro, mesmo que ela não seja a cidade natal! Ah sim, sem contar que a memoria gustativa ordena a volta para o Brasil quando a gente come aqueeeeela picanha com farofa e sente falta dos churrasquinhos nos finais de semana… Dureza esses sintomas né não?
    Olha so, recebi uma mensagem dizendo que eu não estava cadastrada para receber o “feed” de noticias do Astronauta… Acho que não cadastrei quando vc mudou para .com ; )
    Beijão pra vc e para o João, O tocador de violão ; )

    • Dureza esses sintomas, meeesmo!

      Também chorei com Rio, mas quer saber o pior? Chorei esses dias escutando horas de Legião Urbana, por causa das meninas paulistas que postaram sobre o show… É mole?

      beijo lindona

  2. Eu morei por um tempo em outro estado, longe da família, e morria de saudades de todos e das comidinhas típicas, do outro lado do mundo a síndrome de abstinência deve ser ainda maior.

  3. hahahha – ta na hora de ir passear na terrinha mesmo Flavia!!! As havaianas em dois tempos vão ser assimiladas, tenho certeza! e o português, uma semana brincando com os amiguinhos brasileiros e zaz!

    bjus!!

  4. Fla, isso é grave, rsrs. Mas sabe que quando você posto no face sobre a farofa, a vinagrete e a picanha… senti uma saudade tão sofrida… veio até o cheiro, a cervejinha, a família. Mas ainda é só saudade de passar as férias mesmo. Acho que ainda levaremos um tempo grande por este mundão.
    Um beijão, Ju

    • Flavia

      Ju.. Eu também penso que vou levar um tempo grande por este mundão. Mas “voltar pra casa” nem que seja por uma temporada pequena, eu sempre fico com a sensação de volta pra casa mesmo.

      Mesmo quando depois de uns dias, já fique com saudades da outra casa… Mas a vida de expatriada é assim mesmo, não é? Eternamente dividida.

      beijos

  5. Então vem!!
    Volta pra casa tem sabor de felicidade suprema infinita!

  6. É, tá na hora de comprar as passagens ou de importar urgente a vovó, uma tia, ou algo assim rsrsrsrs
    Taí uma coisa que PRECISO na minha vida de expatriada: visitar minha família e minha Maringá uma vez ao ano. Se não for não consigo encarar os longuíssimos meses de inverno da Alemanha…
    Beijo!

    • Ir ao Brasil 1 vez ao ano seria o ideal, sem dúvidas! Até agora consegui ir a cada 2 anos, e aproveitar as férias também para conhecer outros lugares desse mundão de Deus… Mas agora com o filhote as prioridades mudam, né?

  7. E você ainda tem um agravante: sua terra natal é a Bahia.

    Aí não tem mesmo como não morrer de saudade!

    Grande beijo pra vocês!!

  8. Vem, vem mesmo. Vem, vem logo e aproveita para dar um pulinho em SP pra gente tomar um café juntas. Que tal?

    Te entendo, gata, deve ser difícil saber que mesmo com vindas periódicas ao Brasil, seu filho será catalão, espanhol… muito mais do que brasiliero. Pela escola, pelo convívio…

    Mas ó, vendo de longe, nem acho isso tão ruim… apesar de apertar o coração e te distanciar ainda mais de sua cultura, seu país…

    Beijo estalado!

    –> to tão feliz de estarmos ainda mais próximas. ai ai

  9. querido….
    volta mesmo? hehehe
    bjão

  10. Nossa, mas venha djá! Nem que seja a nado! A situação é crítica, rs. Bjks

  11. vem pra cá!!!!

    amei o vídeo do ultimo post.

    bjo bjo bjo

  12. Flavia tem mesmo que visitar… Isso também acontece por aqui e preocupa de vez em quando, já que também quero manter o idioma, incentivar alguns costumes… E essa das havaianas foi ótima.
    Beijos

  13. Paula

    Ah sintomas e o q nao falta. Corre pq esse menino ta espanholito demais. Pior e qndo vc tem todos os sintomas mencionados acima e pelos comentarios a fora e mesmo assim nao pode ir comprar as passagens =( Q vcs curtam muito por todos nos e que comam um pastelzinho de feira em meu nome!!!
    beijos

  14. Ô Tadinho! Ainda bem que tem solução: vir correndo pra cá! As mães soteropolitanas estão esperando de braços abertos!

    Bjos!

  15. Te entendo, mas assim é a vida.
    As passagens já foram compradas?
    As havaianas, por aqui elas so foram completamente dominadas por volta dos 5 anos e não foi por falta de chinela nem de calor para usar.
    BJS

  16. Vem, vem, vem!
    E avisa as blogueiras tudo pra fazer um encontro com muito brigadeiro, café e povo todo de havaianas!

    Beijos, Ananda.

  17. Sobre as Havaianas, a Ciça, brasileiríssima e que morava lá até pouco tempo, sempre teve dificuldade de usá-las. Tanto que eu meio que veitei para a Cali, com medo de quedas. Acho que Havaianas fncinam melhor para crianças maiores.
    E vopu confessor uma coisa aqui: já tô com invejinha de um possível encontro de vcs com as mães blogueiras baianas na praia, prontofalei!
    Beijim

  18. Nossa quanto tempo não apareço por aqui, fiquei com o coração apertado com seu pedindo água de coco.
    Estou em Aracaju e minha mãe em Sampa ja sinto saudades rs.
    Tbm fiquei com invejinha do futuro encontro kkkk
    bjus

  19. Jussara

    Hahaha, muito bom! O lance do português é gravíssimo mesmo (embora seja natural, afinal, ele só fala português com você), logo seguido pelo fato de não conseguir usar as havaianas. hehehe
    Não sou mãe nem blogueira, mas também já estou com invejinha se rolar [outro] encontro na praia.
    Beijos.

  20. Eh bem isso mesmo! Sinto na pele todos esses sintomas! Por isso estou indo para o Brasil em 1 semana…rs!
    Adorei como vc escreve!
    Adorei seu blog. Lindo!
    Estarei por aqui sempre agora.
    bjs.

  21. La Iaia

    No et preocupis, deixa passar el temps i veuras com en Joâo parlarà perfectament portuguès, m’encanta el video del Joâo i al violao.

  22. hora de vir mesmoooo
    e, se passar por sampa, vou dar um jeito de ir te encontrar, hein!
    saudades dos nossos papos.
    beijoca
    tha

  23. Carol

    Tem um grupo no facebook que se chama “associaçao de pais de brasileirinhos na catalunha” e rola aulinhas de cultura brasileira, ( ate mesmo para os bem pequenininho de 3,4 anos) acho que um pouco de aula de portugues, encontros bacanas em barcelona e teve ate festa junina. Nao tenho filhos e nao posso dizer se realmente é bom, mas nao custa buscar, ne. Quem sabe com mais contato com pequenos brasileiros ja nao melhora…

  24. Eu sou A louca que comenta três vezes… pode isso Arnaldo? rs
    Gata, fico com saudade desse canto aqui e toda boba pensando na época em que João usava fraldas e eu nem era mãe… passou tão rápido, né?

    beijoca!

  25. Adorei o seu blog Flavia, acabo de entrar em contato com o site Minha Mãe que dise. Adorei tudo, a idéia de vocês é incrível.
    Bem, estou iniciando um blog também, já tive outro, mas mudei um pouco o foco depois de ter os gêmeos, Bernardo e Benjamin.
    Aguardo sua visita também, por aqui já estou te seguindo.
    Beijos

  26. Qdo li o 3o ponto me deu um frio na barriga…

  27. Oi Flávia! Não é fácil hein? Quando a gente mora em outro estado já sente falta dos costumes, imagine em outro país. Já recarregou as baterias no Brasil? Beijo, Gisa Hangai / http://www.mãebacana.com.br

  28. queridona… saudades daqui, de você, de vocês todas!
    mas o astronauta tá que nem o aprendiz, ao léu……….
    beijo grande, te escrevi um mail
    tha

  29. Oi Flávia,

    Vim te convidar para a promoção que estou fazendo lá no blog.
    Se puder, ficarei feliz com sua participação.

    http://verdadesdemae.blogspot.com.br/2012/11/promocao-sorteio-caderno-de-mensagens.html

    bju

  30. António

    Estou a visitar alguns blogs, e tive o privilégio de encontrar o seu, vi na pagina inicial o que escreveu, e como gostei folheei mais algumas páginas e fiquei maravilhado pelo que vi e li.
    Dou-lhe os parabéns, mas queria deixar um apelo continue assim dando sempre o melhor, boas mensagens, bons temas. Gosto de escrever, mas também gosto de ler bons temas, por isso é que parei aqui.
    Meu nome é: António Batalha.
    Sou um servo de Deus,e deixo aqui a minha bênção,que haja paz,amor na sua vida, muita saúde e felicidade.
    PS. Se desejar seguir meu blog faça-o de forma a que eu possa seguir o seu blog também.

  31. E aí, Flávia? No fim das contas você veio matar saudade da terrinha ou não?

    (by the way… adorei seu espaço!! Vai lá conhecer o meu!)

    mil luas só suas!!

    minhacasatemquintal.blogspot.com

  32. A paz de Cristo,gostaria de indicar meu blog:willian bugiga e o site:www.convertidos.com.br
    A paz esteja em sua casa.

  33. Sentir falta de minha família é natural. Mas eu sinto muita falta mesmo é da chuva que banhava São Paulo. Melhor ainda depois de um dia de calor, aquele cheirinho de chão meio abafado e meio molhado…

Leave a Reply to Mamãe do Otávio Cancel Reply