das coisas que um filho ensina – Dia 5

Um filho ensina a aceitar que nem sempre as coisas são como planejamos, esperamos ou queremos…

Me ensina a aceitar sem ser passiva, sem ficar de braços cruzados me sintindo “a vitima” ou ” a culpada” e sim, questionando, observando, aprendendo e entendendo que as vezes o “acaso” são as consequencias dos meus atos.

Me ensina a buscar saídas, a aceitar minhas limitações e a querer o “possível” .

Porque no final tudo chega…. no tempo certo!

13 Comments

  1. esse é um dos meus maiores desafios.
    lidar com o imprevisto que é a maternidade em si, me deixa extremamente ansiosa… Mas tento e como diria você … paciencia que estou aprendendo.

    E verdade, verdadeira que muitos dos “imprevistos e acasos” são consequencias dos nossos proprios atos

    beijo querida

  2. Tô AMANDO essa série! No fim dos cálculos, eles nos ensinam mais do que aprendem!

    Beijos em vcs! =))

  3. Essa licao eu ainda to aprendendo, ainda me frustro e me questiono muito, ainda me faco de vitima, mas ja bem menos que antes…. e quem sabe algum dia aprendemos de vez , né? Pode continuar essa série de posts que eu to adorando!! Um beijao
    Paula
    http://www.diasdesamuca.blogspot.com

  4. Tô adorando essa série. Aprender a entender que não temos o controle sobre tudo, que as coisas vêm a seu tempo, e do lado de lá tem uma pessoinha também, com suas necessidades/vontades/desejos, que muitas vezes vão de encontro às nossas. Mais um desafio que os filhotes nos ensinam!
    Ah, adorei seu comentário lá no blog. Fiquei curiosa para ler sobre a confusão idiomática do João… Ele será alfabetizado nos 2 idiomas certo? Fala mais pra gente quando puder…
    bjos!
    Sarah
    http://maedobento.blogspot.com/

  5. Eu me tornei fã desse “tempo”…
    É um dos maiores ensinamentos ever, aprender a respeitá-lo. Mas que el chega, chega mesmo!
    :)
    bjo

  6. Adorando a série!
    Vou juntar todas as gotas de sabedoria para ter na cabeceria.
    Beijos

  7. Tb concordo…e aqui voltamos a questão da paciência de esperar o tempo das coisas, né?
    beijos

  8. Só pra terminar: to adorando a série toda e concordo com a Mari, no fim das contas a gente aprende mais do que ensina!
    beijos

  9. Como aprendemos com eles. Podemos conhecer muitas crianças e tê-las como referência para nossas atitudes. Porém somente a nossa revela tudo isso e faz com que tenhamos que esperar, esperar… deixar o tempo correr.
    Um beijo.

  10. Lindo, Flavia!
    O tempo, o imprevisto, a vida… tudo muda com a maternidade.
    Beijos

  11. Ai Flavia preciso aprender mais viu.
    Ontem me decepcionei tanto, filho chegou com 4 folhas de inglês para fazer, não queria fazer e nem lembrava mais nada, ainda por cima disse que não fez a agenda na escola porque não aceita escrever coisas difíceis.
    Lembrei da grama verde do vizinho e fiquei trise aff
    Deus me ajude e de sabedoria mita viu.
    bjus

  12. Oi Flavia, eu de novo pra agradecer o comentário sobre as brigas. Já coloquei a sua série birras no bookmark pra lembrar sempre das dicas. Valeu mesmo! Beijos

  13. … o tempo é o maestro da vida e a rege de maneira a nos surpreender, sempre! alice me ensinou isso ainda na barriga.

    beijo!

Leave a Comment