Blogagem coletiva – Alimentação Infantil na Espanha

Aqui na Espanha, a alimentação infantil é bem parecida com o Brasil, (ou talvez seja essa minha percepção depois de quase 10 anos morando fora).

No final depende do pediatra (e da mãe se segue a risca ou não o que o pediatra indica, sem uma segunda opinião).

A introdução de sólidos pode ser a partir dos 4 aos 6 meses, começar com papinhas salgadas ou doces, com potinhos ou comida caseira, e “regrinhas” como quando introduzir carne branca e vermelha, derivados de leite, marisco,  e alguns tipos de frutas varia muito de um pediatra uma família a outra.

Com o João iniciamos a alimentação complementaria no 6º mês, (no nosso caso a complementaria era a solida, já que ele se alimentava mesmo era de leite materno, até mais ou menos 7, 8 meses, quando a complementaria passou a ser o peito) foi um processo extremamente gradual e de aprendizado para as duas partes. Começamos com as frutas, depois papinhas de verduras e cereais. As carnes, foram introduzidas no finalzinho, lá pelo 8º mês.

Uma diferença na alimentação é que no Brasil geralmente servimos um prato com as variedades, e aqui se come um primeiro prato, segundo e sobremesa. E os legumes secos (feijão, lentilhas) não são consumidos com tanta frequência.

Desde que o pequeno começou o período pré escolar, ele almoça na escola, vou colocar um exemplo de menu de uma semana e vocês me falam se tem muita diferença ou não.

Dilluns: 
1º salada de macarrão –  2º file de merluza com salada – Iogurte

Dimarts: 
1º Caldo de frango com letrinhas –  2º lombo na chapa com salada – Abacaxi

Dimecres:
1º Verdura ao vapor –  2º carne de panela com salada – Morangos

Dijous:
1º Salada de feijão branco, com bacalhau –   2º Ovo ao forno (?) com molho de tomate – Pera

Divendres:
1º Arroz 3 delicias – 2º Frango ao forno com salada e cenoura ralada – Pêssego

E durante todo o mês, cada dia é diferente, sempre mantendo um equilíbrio semanal de verduras, frutas e carne/frango/peixe.

Mas li por aí que tem países com costumes bem diferentes, pra saber mais : Mães Internacionais

:::

Aproveito que estamos falando de mães internacionais e deixo um recadinho da nossa querida internacionalissima Roberta do Piscar de Olhos, que tá chique de dominio próprio e blog novo, Atualizem seus feeds, o piscar agora é . net www.piscardeolhos.net . E passa lá, que tem post novo.

12 Comments

  1. Achei FANTASTICO o cardápio do João, quem me dera aqui na Holanda fosse assim, não é assim nem na casa dos holandeses, quem dirá na escola… uma pena, pois é assim que uma pessoa cresce com o prazer de comer bem! =)
    João está num oooootimo caminho, fiquei até com invejinha haha

    Beijocas

  2. Excelente o cardápio do joão, equilibrado, peixinho duas vezes na semana…
    No seu caso, acho que a culinária espanhola acaba sendo uma aliada, verdade? Faz parte do dia a dia os azeites de qualidade, pescados…em Barcelona eu tinha a impressão de que as pessoas viviam centenas de anos, to errada? Pelo menos as gerações anteriores…
    E isso tudo vai contribuir e muito para o paladar do João na vida adulta, o delicia.
    Quanto aos grãos eu inclui lentilhas e feijão aqui em casa, só pra dar uma abrasileirada no tofu…
    Beijos e valeu por mencionar a mudança do blog! Vc não existe, dona Flávia !

  3. Adorei o cardapio, Flavia! Super equilibrado. Acho que vou copiar pra mim… eheheheh

    Beijinho!

  4. Flávia, acho que o cardápio está sendo unanime aqui…rsrsrs realmente muuuito bom… Gostei do jeito da espanha, parecido com a Hungria na introdução dos alimentos, diferente nos costumes alimentares… Muito bom!
    Beijinhos!

  5. Flavia,
    A gente aprende muito ao estar fora do Brasil. Como muito mais peixe hoje do que quando morava la e faço o possivel para te-lo à mesa uma vez por semana. A Béatrice comia peixe quando era menorzinha, agora torce o nariz e não curte muito. Vamos ver se na idade do João ela topa comer decentemente.
    Ja fui no blog da Roberta e esta incrivel e, ah, parabens, adorei o visual da Paloma, Ciça e Clarice : )
    Besos : )

  6. Oi Flavia,
    Que bom que consegue garantir uma alimentação saudável ao João. Além disso, é idêntico como no Brasil. Que beleza! rs
    Que saudades de lá…
    Um beijo.

  7. Oi Flavia meu avo é espanhol, mora em Almeria e vem passar 6 meses aqui com a gente quando o inverno chega. Ele é o perfeito exemplo da alimentacao mediterranea eu acho o maximo e ainda chego lá, pena que aqui essas coisas ainda sao ta caras. Mas esse menu da escola do Joao só me provou mais ainda a ideia que eu tinha da alimentacao por ai! Delicia! Beijos

  8. Achei um barato essa idéia de comer um prato diferente de cada vez, ensina a criança a comer devagar, a degustar a comida. Vou tentar isso aqui com a minha mocinha, quem sabe não dá certo?
    Beijo
    Livia

  9. Flavia, as meninas falaram tudo, uma delicia! Parabéns pelo cardapio!
    As frutas e legumes que comemos aqui na França vem muito dai, você deve ter mais opçao ao longo do ano, nao tem? aqui quando chega do inverno quase ficamos na batata, maça e claro queijos!!! Ainda bem que consigo fazer crescer uns cereais para ter graos germinados no inverno.
    beijao

  10. Flávia, que cardápio bom! Cabe adulto nessa escola? heheh. Mas o mais legal é o nome do seu filhote que é igual ao nome do meu!!! Lindo!

    Beijão

  11. Flavia, que maravilha esse cardapio da escola hein!
    Aqui na Italia tb é assim, 1 e 2 prato. :)

    bjo

  12. Find out exactly what you have to do and say to make her miss you and want you bac again here.
    In fact, this is one of thhe most common reasons why relationshipss fail.

    It’s your night and you only have 4 minutes with each
    person so go for it.

Leave a Comment