Peixinho

Ultimamente tenho exercitado muito a paciência, e tenho me controlado o máximo pra não ficar ansiosa pela falta de apetite do João.
Uma coisa já ficou bem clara: Ele come exatamente a quantidade que quer, nem uma colher mais, nem uma colher menos, e ultimamente a quantidade que ele quer, costuma ser menos da metade do prato.
Sendo assim, procuro que a comidinha dele, seja saudável e com nutrientes variados. Evitando produtos industrializados. Assim compensamos – quantidade com + qualidade.
Nesses últimos dias, uma das coisas que ele mais gosta de comer é peixe, normalmente faço um purê de verduras para acompanhar, ou então um papillote com verdurinhas, e quase sempre ele raspa o prato.
Coincidentemente, ele também aprendeu a identificar os peixinhos nos livros, e descobriu que aqui ao lado de casa, na loja de animais tem uma centena deles, os “eixi” como fala o João, e toda vez que passamos pela porta ele aponta o dedinho para dentro… “eixe” repete até que a mamãe entra um minuto na loja pra ele cumprimentar os amiguinhos.
(Mas por sorte ainda não os associa, com o prato preferido do mês.)

::: Hoje descobri uma receita nova, que foi aprovada pelo Astronauta e vou passar aqui pra vocês:
(receita do livro: “La alimentación de nuestros hijos” – Montse Bradford)

Rolinhos de Linguado com verduras ao pesto
4 filetes de linguado
suco de ½ limão
Vagem (aberta ao meio)
Cenoura (cortada a tiras mais ou menos do tamanho da vagem)
Manjericão desidratado e sal marina.
Pesto:
Manjericão e salsinha frescos
1 dente de alho
1 col. sopa de azeite de oliva
1 col. pequena de pasta de umeboshi*
1 col. sopa de miso branco*
4 col. sopa de amêndoa em pó (eu usei castanha de caju moído e acrescentei parmesão ralado)

1) Bater todos os ingredientes do pesto, até conseguir a consistência de um creme espesso, adicionar água se necessário.
2) Macerar os filetes de linguado com o suco de limão, durante + ou – 15 min.
3) Polvilhar cada filete com sal e manjericão desidratado. Enrolar os filetes com umas tiras de cenoura e vagem no meio, deixando que sobressaia por cada lado. Amarar com barbante de cozinha.
4) Cozinhar os rolinhos ao vapor durante 10 minutos. (ou menos se os filetes forem pequenos). Cortar o barbante.
5) Servir quente com o pesto.

*se encontra em lojas orientais

Bon Apetit!

E vocês mamães? Que andam cozinhando para os filhotes que eles gostam?
Vamos trocar figurinhas?
Aceito receitas aprovadas pela criançada, quem souber de alguma, por favor me envia por e-mail, que vou colocando aqui no blog.

E-mail: joaoastronauta@gmail.com

::: A Rebeca quis saber como o João aprendeu a beber em copo normal sem virar tudo pra ver caindo no chão ou nas pessoas.

Ele aprendeu assim, virando de vez, sujando tudo, se engasgando…
Mas eu tinha uma coisa ao me favor, ele não gosta muito de se melecar, (thanks god!) então por isso, só por isso, ele começou a aprender a controlar o copo, e agora já arrisco até com suco de uva.
Ah… ele nunca tomou mamadeira, não aprendeu, sempre usamos o copinho de transição ou canudinho… acho que isso também facilitou o processo de aprendizagem.
Beijo!

15 Comments

  1. Já fui super encanada com alimentação, pois a Ciça sempre esteve um pouco abaixo no percentil de peso (e acima na altura, o quer a configurava como magra). Mas a pediatra nunca achou isso um problema. Aí um dia, depois demuita ansiedade por nada, eu desencanei e, fez-se a luz (ou o apetite), ela passou a comer muito e bem. Come de tudo e também adora peixe. Tomate é outra paixão.
    Ele come o que ele precisa, é isso.
    Beijos

  2. Meire

    Nossa! Essa receita é muito chique e ficou lindo no prato. Vou tentar fazer aqui em casa, depois venho aqui contar.
    Beijo

  3. Rebeca

    Gente, vc é chef? Esse Astronauta está muuuuito fino.

    Aqui é mais o basicão mesmo. Muito obrigada pela dica do copo. Acho que estressei tanto dele jogar no chão que hoje ele joga só pra irritar. Falando em comportamento, como está o seu João? Tem dias que o meu está o Ó. Tipo hoje.

    Grande abraço

  4. Rebeca:
    Desde que ele fez 18 meses (a barreira psicologica de já não ser bebê), ando tendo dias terríveis.
    Birras sem fundamento, chora por que não quer que eu fique sentada no sofá e quando eu me levanto chora porque quer que eu me sente…
    Dias melhores e dias piores, eu já esperava (não tão cedo) uma mudança de comportamento (mas também não tão radical). Estou lendo muitos artigos sobre o tema, e tambem observando muito, qualquer dia desses escrevo sobre…
    é dificil, né?
    Sorte que são momentos… e quando passa ele vota a ser o bebê carinhoso de sempre.
    um beijo pros dois e paciência!

  5. só pra te deixar mais aflita ou trânquila, Marina passou 1 ano sem comer!!! Entre 2 e 3 anos ela não comeu!!! E tá aqui inteira e saudável! Na verdade, começou a se alimentar direito na escola!
    good luck!

  6. Nossa, que prato chique o do Astronauta, hein? Sabe que o Miguelzinho só come se tiver angu? Pode ter qualquer outra coisa no prato, brocolis, vagem, cenoura, pepino, se tiver angu ele come tudo. Agora se nao tiver nao adianta nem tentar. Resultado: faco todo dia.
    Beijos,
    Liza

  7. Por enquanto como sou eu que coloco na boca da Bebedocinha, ela come de tudo. Vario bastante nas verduras, legumes e frutas, pois sei que chega uma hora que eles so comem o que sentir vontade.
    Que bom que ele gosta de peixe e não associa aos amiguinhos!!
    Beijoss

  8. Aqui em casa a hora de comer tb é bem dificil…Luiza come pouco..qd come!! O prato preferido é ARROZ!!! de preferencia puro!! o que faço é encher de nutrientes esse arroz…
    Eu cozinho ele na água dos legumes..e sempre coloco um ralado (cenoura, beterraba…ou brocolis bem picaidnho)…
    Ela come muito bem milho tb…no sabugo mesmo…
    E capricho tb em um pão que faço em casa…tem de tudo nesse pão!!!
    E aqui tb é bebida direto no copo…nada de mamadeira…
    Adorei a receitinha ..continue postando
    Beijocas

  9. oi flávia
    admiro muito sua forma de cuidar do Joao, acho que vc está fazendo muito bem em dar alimentacao saudavel, e ele sabe sim o quanto é suficiente para o corpo dele, fique tranquila querida!
    E ate eu fiquei com vontade de comer esta sua receitinha! Vou testar!
    bjs

  10. Rebeca

    Ai, Flávia, que bom saber que não estou sozinha… Obrigada por compatilhar. Estou relendo a Encantadora de Bebês pra ver se pego umas dicas. Tem dias que realmente é estafante. É um tal de só querer fazer o que não deve, uma reclamação, um mamãe vem! atrás do outro, fora os nãos em vários ritmos e melodias. Peço a Deus um pouco mais de paciência…

    Um abração

  11. Flá, passei um tempinho out da blogosfera e dei uma lida nos atrasados. Lindo o texto para o Joao no seu aninho e meio de cumple, e admiro a capacidade que vc tem de transferir para a comida dele todo carinho e cuidado. Eu sou um zero à esquerda na cozinha e este sempre foi um dos meus calos como mãe. Respeita a fase dele e ya está, passa. besote,

  12. além de chef você também é fotógrafa??? rsrs… linda a foto! e que prato, hein! eu fiquei com vontade de experimentar!! Mas aqui em casa o menu é mais basicão… Caio tá saindo das papinhas agora, antes era aquela coisa meio misturadona… Agora tenho feito purezinho (de batata, de mandioquinha, de abóbora…), legumes cozidos no vapor ou refogadinhos, arroz, feijão, polentinha, creminho de espinafre… ele gosta bastante de comer milho na espiga também… mas carne, só se for um pedaço maior, que ele fica chupando, ou bem desfiadinha… se for pedacinho, ele cospe tudo… Mas, pra te animar, Caio também dá uma certa canseira na hora do papá… teve uma fase ótima, mas voltou a ser como antes… dá-lhe paciência…
    Posta mais receitinhas chiques como essa para inspirar as mamães mais básicas como eu…
    beijão

  13. nossa, que prato lindo. que foto linda. vou fazer pro maridão o peixinho e guardar a dica pra quando o baby vier (estamos pensando em encomendar já) rá
    bj

  14. Alta gastronomia para pequenos! Que grande tema para um livro, nao? E a foto, fiquei até com fome.

  15. Olha, aqui eh assim, ela tem fases, por mais que eu queira impor ela esta selecionano o alimento da vez, entao tem periodo que eh so o leitinho, a salsicha, o franguinho, e assim vai, ai o q faço? Pego o alimento da vez e modifico uma receita com ele para ter mais “conteudo”
    Tipo o macarraozinho, sempre ralo no molho legume, q refogando some e vitamina td. O pure as vezes tem algum legume, o bolinho de arroz tem abobora, espinafre, bertalha e assim vai o feijao sempre tem a beterraba, entao alguma coisa ela vai comer bem nutritiva e a escola nesse ponto ajuda, la ela sempre come tudinho, entao a janta nao eh a unica refeiçao.
    Aqui agora ta na fase draga, tem q ter um bolinho, um paozinho, um cookie, qualquer coisa pra ela comer entre as refeiçoes, ai faço em casa e deixo pq tem muita coisa que nao eh exatamente vitamina mas eh carboidrato e ajuda na energia q eles precisam!

    No meu blog as vezes coloco receitas que todo mundo come aqui em casa, angu com franguinho e legumes eh otimo, lasagna com abobrinha, sufle, da pra esconder um monte de coisas e fica delicioso!

    Mas nao estressa, eh fase, o bom exemplo da gente faz toda a diferença uma hora eles cedem!

    beijocas

Leave a Comment