amor, meu grande amor

Amor, meu grande amor, não chegue na hora marcada, assim como as canções, como as paixões e as palavras… Me veja nos seus olhos, na minha cara lavada, me sinta sem saber se sou fogo ou se sou água.
Amor, meu grande amor, me chegue assim bem de repente sem nome ou sobrenome, sem sentir o que não sente… Que tudo o que ofereço é meu calor, meu endereço, a vida do teu filho desde o fim até o começo.
Amor, meu grande amor, só dure o tempo que mereça e quando me quiser que seja de qualquer maneira, enquanto me tiver que eu seja a última e a primeira
E quando eu te encontrar, meu grande amor, por favor, me reconheça.
(Angela Ro Rô)

::: aniversário do beijo

13.05.2004.
Lo de las palas, mejor con sol. ¿No?
Oooooh! Pel meu barri ja surt el solete!
Uri

9 Comments

  1. Anonymous

    Eu fico pensando em nós dois
    Cada um na sua, perdidos na cidade nua
    Empapuçados de amor,
    Numa noite de verão
    Ai, que coisa boa!
    À meia-luz, a sós, à toa
    Você e eu somos um
    Caso sério
    Ao som de um bolero
    Dose dupla
    Românticos de Cuba Libre
    Misto quente
    Sanduíche de gente

    s.p

  2. Anonymous

    hooo Pris l’amour…

    eu reconheci, né?
    S.P

  3. oh! que romantico isto Flávia! Feliz aniversário do “beijo”…e comemore bastante em Paris…com muitos “french kisses”!!
    bjs

  4. Que romântico….
    Beijos!

  5. Eu lembro de todos os capítulos dessa história!!! deu um lindo fruto esse beijo hein?!?!?! boa viagem pros dois! :)

  6. Aproveitando o ar romântico do blog aqui, deixarei este pedaço de música da Bethania… que lembrei de vc!

    “O astronauta ao menos
    Viu que a Terra é toda azul, amor
    Isso é bom saber
    Porque é bom morar no azul, amor”

    Beijos pra vc e seu pequeno astronauta!

  7. Que romântico! E comemorar em Paris, a lo grande. Beijos!

  8. Adoro essa música. Vou buscá-la no youtube. Direto do túnel do tempo. Comemorem bem muito! Besote.

Leave a Comment