Paris

De presente de aniversário, em um ataque de amor e romantismo, o maridão resolveu revelar a surpresa que ele vinha preparando já fazia uns meses…

:: 5 dias em Paris, eu e ele, ele e eu.

Ai, Paris!

Sempre quis conhecer Paris, e uma viagem a dois seria um maravilhoso up para a relação…
Tudo seria perfeito, se não fosse por um pequeno detalhe de 78 cm… O João!

O filhote ficaria com la Iaia, a vovó catalana do João, que o cuidaria muito bem.
Como me falou uma amiga, vó é mãe com açúcar. Ela se mudaria para nossa casa, e ele continuaria com a rotininha dele, os brinquedos e a caminha. Seria muito bem cuidado e mimado… Sem nenhuma duvida.

Talvez seja bom pra ele, umas pequenas férias da mamãe… talvez os dias passem tão rápido que ele nem sinta tanta saudades assim… talvez esteja sendo muito super-protetora, talvez as amigas que apóiam a viagem tenham razão, talvez a viagem me faça mais feliz e ter uma mamãe mais feliz compensa os 5 dias ausentes…

Podia enumerar 100 coisas boas de fazer essa viagem… mas cada vez que eu olho o pequeno não consigo evitar de sentir um aperto… e me sentir dividida. Talvez eu esteja exagerando um pouco e talvez eu consiga superar a minha dependencia dele…

Ai, Paris!

Será que estou desequilibrada? Ou alguem me entende?

21 Comments

  1. oh-lala! venha, venha, venha, essa cidade é incrível!!
    entendo sim o dilema, mas ando sonhando com uma semaninha lua-de-mel com o carlos, sem bebê por perto. estamos comecando a organizar isso, e tô felicíssima. acho que a dúvida (e a culpa, essa velha companheira das mães…) vai aparecer quando a coisa ficar definitiva, passagens compradas e tal. mas vai ser superada, certeza, porque a gente tá PRECISANDO desse tempinho de descando absoluto. E vc também deve estar, aposto. APROVEITA!!!
    beijo, e avisa quando vier!

  2. { * }

    flávia querida,

    se você acha que está exagerando, eu devo estar tantan mesmo… ontem fui no aniver de uma amiga, fiquei longe da baby júlia cinco horas (sim, isso mesmo) e já estava sofrendo… vim pra casa correndo, louca para dar um beijo nela antes dela pegar no sono…

    Maaaaaaaaaas, por outro lado, esses cinco dias serão ótimos sim! Mentaliza, respira fundo e se joga…rs… :)

    Um beijo e boa semana,
    Karenina

  3. Entendo perfeitamente. Eu sempre achei que fosse tranquilo deixar o bebê e tb sempre critiquei quem não tinha coragem de fazer isso, mas hoje sei o quanto é difícil. Maridão já sugeriu um final de semana só nós dois, mas quero que ele cresça mais um pouco antes.
    Mesmo sabendo o quanto é difícil, acho que vc TEM QUE IR SIM!! Tenho certeza que será uma delícia pra vc e pro maridão, vcs vão curtir demais esses dias e o João vai ficar super bem. Além do mais, vc pode ligar toda hora pra saber dele e ficar tranquila, não é mesmo? Aproveita! A gente merece!!
    beijinhos

  4. Flá, como disse para a Chris (coisa de mãe – que tá viajando sem o filhotinho dela) não sou uma boa conselheira neste item. Não consegui ficar 2 dias longe da Nina. Abreviei minha viagem e voltei para os braços da pequena. Ah…quando saio com o Má (algum sábado a noite, por exemplo) peço para minha irmã mandar mensagens (com foto, claro!) da menininha da mamãe! Viu? Sou péssima, né! Meio maluca! Totalmente doida, melhor dizendo…
    Mas…ACHO QUE VOCÊ MERECE ESSE PRESENTE! Por isso, vá! E depois nos conte tudo, Tá!

  5. Flavia!

    Que luxo menina. Mas eu entendo a saudades do pequeno :-)

    Aproveita que voce nao ira se arrepender.
    Beijinho
    Cris

  6. Flavia, eu náo sei como deve ser dificil se separar do joao assim, mas tenta ir de qq forma para Paris, vc náo vai se arrepender de forma alguma, eh demais da conta de lindo lá!
    e de presente para o joáo, aproveite a viagem para encomendar um irmaozinho(a) para ele!
    bjs e boa viagem!

  7. Rebeca

    É…tá tudo programado pra eu fazer uma viagem de 15 dias em julho e…(em off, meu marido não sabe)liguei pra organização da viagem perguntando se eu podia ficar só uma semana…por causa de um certo xará do seu filho…

  8. Flavinha,
    Quando a Lara tava com 04 meses, estávamos com viagem programada p levar ela pra Jacó, resultado por causa do meu trabalho, ela teve que ir com a vovó, dois dias antes…nossa, choreiiiii, parecia que o mundo tinha se acabado… mesmo sabendo que ela tava ótima com a vovó, o vovô, a dinda e um monte de gente caducando ela, nada adiantava pra mim a falta que ela me fazia, esses dois dias pareciam que nunca passavam…AFFFF sempre penso que não vou repetir mais…E quando saio sem ela, fico morrendo de saudadessss louca pra voltar p casa, beijar, beijar, beijar…
    Agora, só você sabe como deve fazer…faça o que o seu coração manda! Bjos Larissa

  9. Ah…Aproveite PARIS!!! Quando penso que já estive morando por lá! Que lugar lindo!!! Bjos Larissa

  10. Olá!
    É minha primeira vez por aqui,e ao ler que será sua primeira viagem sem seu João,fiquei com o coração apertadinho…o meu Gabriel tem 7 anos e nunca fiquei sem ele 24 horas!
    Se a entendo?Claro…até demais!Mas uma pequena viagem como essa(cinco dias) dá pra segurar a saudade!E Paris?Oh!Que delícia!Só cuidadopra não se empolgar e voltar de lá esperando outro ‘presentinho’ como o seu João!rsrs…
    Boa viagem!
    Nane

  11. Flávia,
    Vai sim, aproveita muiiito e leve um monte de presentes para o pequeno. Dizem por ai e é verdade: pais felizes = filhos felizes!!!
    E não se esqueça de colocar muitas fotos aqui, só pra gente babar um pouquinho, rs…
    Beijos

  12. Anonymous

    se entendo seu desequilíbrio, viu tia?
    meu sonho é conhecer paris *-*
    cuuurta por mim!
    beijos :*
    emanuella

  13. Ah, essa sensação é tão normal. Mas a viagem vai ser ótima paera vocês três. Para o casal, excelente. Para você, mãe, é bom que vai te dando o desprendimento necessário que a vida vai impondo (por mais que ele seja sempre seu filho, é mesmo preciso criá-lo pro mundo). Pra ele, que vai ficar com saudade de vocês, e vai começar a ver que ele também tem uma vidinha própria, e que, às vezes, pode ser independente. Vai por mim! Vai ser sensacional! E, na volta, vão ser muitos abraços, beijos, carinhos. Me conta depois! bjos
    Paloma e Isa

  14. Isa

    Querida, te entendo super! Qdo a Valentina fez 8 meses tb resolvi viajar com o maridão. Fiquei com o coração super apertado, chorei horrores, fui para o aeroporto como se estivesse indo para a forca! Assim q senti o cheirinho do free shopping as coisas começaram a melhorar…hehehehe
    Sério, foi muito bom, curti bastante o Ro, descansei… Ficamos 6 dias mas acho q aguentaria 10 de tão bom que foi. Ela ficou com minha mãe e demos um nextel para ela então falavamos o dia inteiro, sabia cada movimento dela. Isso ajudou bastante. Já estamos programando uma viagem para outubro desse ano, qdo o Antonio estiver maiorzinho e tenho q confessar que estou com o coração apertado!! ahahahaha.
    Vai sim!! Vai ser um presente pro seu filho os papis felizes, descansados e apaixonados!!
    bjo
    Isa

  15. Isa

    resolvi fazer um post… tá lá!!
    bjo

  16. ai… difícil, hein! não sei o que dizer. tenho certeza que será incrível, não só por ser paris, mas porque viajar a dois é sempre incrível… mas não sei se conseguiria deixar o filhote por tanto tempo ainda… e o mamá? vai desmamar de vez???
    te entendo TOTALMENTE, desequilibrada é a mãe!! hahahahahaha
    bjs

  17. Vai sim amiga, tem horas q o casal precisa ter os momentos a dois, eu sei bem o q vc tá sentindo em deixar o seu pequeno, eu tb sou do mesmo jeito, não consigo ficar longe das minhas princesas.
    Vai conhecer Paris e deppois me conta como foi, viu ? kkkkk
    Muitos beijos pra vcs.
    Zaninha

  18. entendo vc completamente,querida!!Paris e Paris!Ano q vem tb vou la!!Hehehehehe.O bom e q vc ja vai me dando todas as dicas,ne?

  19. Anonymous

    Completamente compreensível seu dilema… Mas se esta viagem é a sua escolha, vá de corpo e alma! Deixe a culpa trancada no armário de casa e desfrute de cada momento!! Vc merece, seu companheiro merece, Paris vale a pena ;)
    bjs
    Monica

  20. Anonymous

    Fla,

    vá sim para Paris e para outros sítios também. João será uma pessoa muito mais feliz e equilibrada se aprender que, mesmo o amando incondicionalmente, vcs são pessoas distintas e vc consegue manter sua individualidade, realizar seus sonhos, viver sua vida. Curta Paris, seu sonho, seu marido, seja feliz. E, afinal, um bebê que tem duas madrinhas e uma iaia, só poderá ficar bem!!
    bon voyage!
    bjs
    cristina

Trackbacks for this post

  1. O desmame | Minha Mãe que Disse!

Leave a Comment